Por que Maquiavélicas?

Alô alô, vocês sabem quem sou eu???

Isso mesmo: o ser que vai explicar o motivo desse nome tão macabro pra um blog tão cute cute 😛

Tudo começou com devaneios nos intervalos das aulas da faculdade. Pra quem ainda não sabe, eu sou formada em Ciência Política e logo de cara jogaram Maquiavel nos nossos braços e o mito de maldade foi dissipado na marra.

Pois bem, eu e mais duas amigas lindas do curso (@clairemuniz e @daumerieray) sempre discutíamos a vontade de criar um blog sobre nossos assuntos favoritos, que além de tendências e beleza teriam que incluir nossos pensamentos políticos, afinal, faz parte da nossa vida! Decidimos pôr em prática e enquanto planejávamos tudo empacamos no nome!

Mil ideias soltas, nada bom o bastante… foi aí que lembramos do início do curso e do amorzinho que criamos pelo autor d’O Príncipe e como descreveria bem nossas personalidades. Infelizmente, nos rumos da vida, as duas não seguem integralmente por aqui, mas sempre que possível vão aparecer para alegrar ainda mais os posts!!!

O dicionário mostra todo o efeito negativo que a palavra maquiavélico é empregada hoje em dia, mas, em suas obras, Maquiavel nunca mencionou má-fé! O autor buscava, incisivamente, chegar a seus objetivos de maneira racional e quem o interpretou deu a intonação errada que conhecemos hoje.

Querendo mudar isso e atingir a meta de levar o melhor possível sempre para os leitores do blog a qualquer custo, surgiu o Maquiavélicas. A mistura certa do ácido e doce para criar o mundinho maquiavélico ideal!

Espero que gostem, porque é tudo por vocês! <3

Beijinhos

Marie Guimarães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.